mascote
PUB


Assistir pornografia com parceira

Assistir pornô em casal é um assunto que tem gerado muito tabu, seja por parte das mulheres ou até mesmo dos homens. Há quem diga que isso enfraquece a relação e o desejo, enquanto outras pessoas alegam que tudo entre quatro paredes é válido.

Se você ainda não sabe o que pensar e deseja uma segunda opinião, aqui você encontrará tudo o que está buscando. Tentamos balancear bem todos os prós e contras, assim você poderá tomar a sua decisão com um pouco mais de clareza e segurança.

Este artigo serve para todas as pessoas, então, se você se encontra em uma situação de dúvida, aqui você poderá se resolver e encontrar a melhor saída, a que melhor combina com o seu relacionamento.

PRÓS

Decidimos apresentas os prós primeiro, afinal, acreditamos que toda forma de prazer seja válida. Os tabus impostos em cima da pornografia tem se tornado cada vez menores e mias irrelevantes.

Assistir pornô com a namorada aumenta a intimidade

Isso já é algo para lá de comprovado, se você quer aumentar a sua intimidade com a pessoa que você está saindo, então veja pornô com ela.

Vocês podem variar entre os temas e tipos, afinal, existem inúmeros no mercado pornográfico. Você pode mostrar para a sua parceira quais são as suas posições favoritas e coisas que mais pensa em fazer, assim como ela.

É uma boa forma de se perder a vergonha

Muitos casais morrem de vergonha um do outro, isso é um fato. Mesmo depois de muitas transas, simplesmente não conseguem fazer tudo o que desejam devido a vergonha. Se o seu relacionamento é assim, veja pornô a dois.

Conversem sobre as cenas, façam sexo e se acariciem. Se masturbar com o seu parceiro ao lado pode ser outra prática deliciosa a ser descoberta, não tenham medo das novidades.

O prazer deve estar livre entre o casal

Se ambos desejam ver pornô, por que não? Pois é, tudo deve ser pesado e ponderado dessa maneira dentro do sexo.

Casais que não se permitem na cama tendem a estar mais propensos a separações. É necessário que o prazer circule livremente entre as duas pessoas, é claro que isso só compete a coisas nas quais ambas as partes concordam.

Sair de sua zona de conforto pode ser muito eficaz no momento do prazer, principalmente quando o relacionamento já tem algum tempo de duração.

CONTRAS

É claro que todas as coisas têm também o seu lado negativo, então decidimos trazer três itens que irão te mostrar que, por mais que a pornografia seja ótima, em casal ela não é apenas um mar de rosas.

Pornografia vicia

Muitos dizem que não, mas sim, a pornografia vicia. Isso acontece de maneira muito discreta e, quando você se dá conta, você já está completamente preso ao  pornô e não sabe mais como sair disso.

Se você é uma pessoa de muitos vícios, prefira deixar isso de lado. Pode ser que isso comprometa a qualidade de sua vida sexual, então é melhor evitar sempre que possível.

O pornô cria falsas expectativas

De vez em quando, quando vemos um pornô muito bom, podemos ficar um tanto quanto iludidos no que se passa nas cenas que assistimos. Se você não consegue separar isso da realidade, então evite trazer isso para dentro do seu relacionamento.

Tenha  a certeza de que as atrizes pornô são apenas atrizes, nem todas as cenas são cem por cento verdadeiras, não espere de sua parceira o que você tem visto nos últimos pornôs que assistiu, isso certamente irá te deixar decepcionado.

Inclusive, se você já tem problemas com o pornô em sua vida pessoal, trazer isso para dentro de seu relacionamento nem sequer deve ser uma opção.

O pornô pode gerar inseguranças durante o sexo

Se você não sabe dividir as coisas, então evite assistir isso com o seu parceiro(a). A verdade é que os corpos do pornô quase nunca são plenamente reais, essas pessoas passam por seleções muito rígidas antes de entrarem de fato para a pornografia.

Se você quer mesmo assistir pornô com o(a) seu parceiro(a), tenha uma séria conversa e faça com que essa pessoa saiba que não há necessidade de se sentir inseguro(a) em relação a nada do que acontece ali.

Nada de comparar a maneira como as pessoas transam com a maneira como vocês fazem sexo, isso é muito desrespeitoso e desagradável.

Com base nos nossos prós e contras, vá tomando a decisão. Converse sobre isso com a pessoa que se relaciona com você, assim vocês podem concordar sobre tudo.

Tomem a melhor decisão, é necessário não se deixar levar pelo tesão se você tem problemas com a pornografia, mas se não tem, começar a assistir a dois pode ser a melhor maneira de quebrar tabus e encontrar o prazer que você tanto busca.

Agora que você já decidiu se vai ou não assistir pornô a dois, conta para a gente, qual foi o seu veredito?!

Nicolas Dante

Estudante apaixonado por assuntos relacionados a sexo, afinal, isso faz muito bem para a saúde física e mental.
Adoro temas como fetiches e coisas do tipo, esse universo me encanta e me motiva a atualizar o blog!