mascote
PUB


fetiche em ser corno

Se você tem fetiche em ser corno, saiba que essa é uma área completamente livre de julgamentos. Todos os fetiches são válidos, nós somos verdadeiros apoiadores do prazer e para nós, tá tudo liberado!

Algumas mulheres também possuem o fetiche em traição, isso é algo muito  mais comum do que nós imaginamos. O fetiche em ver uma pessoa que amamos na cama com outra tem se tornado cada vez mais normal.

Os tempos são novos, as pessoas já não levam a fidelidade como uma peça chave para o relacionamento. Alguns homens só conseguem sentir prazer ao verem as suas esposas tendo sexo com outros homens.

O que é fetiche em ser corno?

O fetiche em ser corno é, basicamente, o fetiche em ver a  mulher com outro. Isso não quer dizer que a traição está liberada em cem por cento do tempo, mas que durante o sexo alguns homens gostam de ver as suas parceiras traindo.

Alguns homens vão até mais além, gostam de serem xingados e humilhados pelo amante ou até mesmo pela mulher. Gostam de ser chamados no pejorativo e xingados de corno e todas as variações disso.

Em alguns casos, os homens sentem prazer nisso e se masturbam, só por verem a situação. Outros homens gostam de dividir a esposa e outros curtem ser usados pelo amante também.

O fetiche em ser corno vai ainda mais além quando as mulheres gravam vídeos traindo e jogam na rede, maldizendo os cornos e falando sobre como o amante é melhor.

Ainda que isso soe absurdo para algumas pessoas, é algo muito comum, muito mais comum do que se parece.

O fetiche em ser corno está errado?

Se você tem fetiche em ser corno mas nunca teve coragem de colocar isso na prática por medo de estar errado, saiba que não há nada a temer.

Apenas pense bem sobre isso, afinal, depois que já tiver rolado não há mais como se arrepender. Isso nem sempre irá enfraquecer o casal, desde que haja uma conversa honesta antes, antecipando que tudo o que  acontecer deve ser compartilhado.

Algumas regras são bem-vindas para manter a ordem no relacionamento, afinal, se isso sai das rédeas do casal pode se tornar um sério problema.

No entanto, tomando os devidos cuidados e, no total agindo com respeito ao desejo do outro, tudo fica bem.

Como conversar com a esposa?

O grande problema para colocar isso em prática é dizer para a esposa que você deseja vê-la fazendo sexo com outro homem, isso é uma tarefa e tanto.

No final das contas, não há como suavizar isso, mas você pode começar de alguns pontos mais neutros e ir especificando o assunto.

Você pode primeiro convidá-la para um ménage com dois homens, ou até mesmo para uma orgia totalmente masculina, onde só haverá ela de mulher.

Espere e veja como ela irá reagir, se ela se mostrar muito desconfortável não insista, se não for gostoso pra ela, não será gostoso para você.

Mas se ela se mostrar de acordo com a orgia e com o ménage, isso poderá ser um pontapé inicial para todo o desenrolar da história.

Vá introduzindo isso aos poucos para que ela não se assuste em realizar o seu desejo, faça com que ela vá te dizendo também o que pensa sobre toda essa situação, isso é essencial.

Em algum tempo ela deverá estar mais habituada e mais tranquila em fazer isso, não perca a paciência com ela.

Como controlar a raiva depois?

O grande problema do fetiche em ser corno é que, normalmente, ele só dura o tempo da transa. Depois que o casal termina de transar, muitas vezes isso se torna uma bela insegurança.

Justamente por isso é que recomendamos que, quem for fazer, deve pensar muito bem antes, para que isso não vire algo nocivo e desagradável para o namoro ou casamento.

No mais, se você acha que será capaz de lidar mas que terá alguns obstáculos, vá percebendo que quem gosta disso é você e que a sua esposa faz isso somente para te agradar, isso pode ser uma boa forma de se manter calmo diante da situação.

Os acordos já citados antes podem ser ótimas maneiras de manter a situação dentro do controle. Ela só poderá transar uma vez com cada homem? Não poderá pegar o contato dele? Só poderá vê-lo quando for para satisfazer o seu fetiche? Etc.

Todos os fetiches fazem bem para o casal, desde que haja o consentimento de ambas as partes. Não deixar o sexo cair na rotina é a melhor forma de manter o casal sempre apaixonado.

Olhe para a situação com maturidade, pese e pondere, tudo isso é muito importante para que você possa sair de sua zona de conforto e experimentar coisas novas.

Você tem fetiche em ser corno? Já pensou em ter outro homem transando com a sua esposa? Conta pra gente!

Nicolas Dante

Estudante apaixonado por assuntos relacionados a sexo, afinal, isso faz muito bem para a saúde física e mental.
Adoro temas como fetiches e coisas do tipo, esse universo me encanta e me motiva a atualizar o blog!