mascote
Banner Mensagem Entrada 3
PUB


Pau-amigo

Você sabe o que é um Pau-amigo? Também conhecido como P.A., como forma de manter uma terminologia mais discreta. Há também quem prefira chamar de Amigo-colorido, Pinto-Amigo ou Disk-sexo. A verdade é que a terminologia não importa, Pau-amigo é aquele cara que vai te salvar nas horas de carência sexual!

Porque todos nós sabemos que existem momentos em que não queremos saber de relacionamentos, nem nada do tipo. Só queremos mesmo é uma transa gostosa, de tirar o fôlego e depois “beijo, tchau”.

Mas, obviamente, complementando o parágrafo anterior, é uma relação sem compromisso, sem cobranças, superleve e casual. Mas nem por isso pode ser qualquer pessoa que você conheceu por aí e já vai levando para a sua cama. Observe alguns aspectos básicos antes de escolher o seu pau-amigo:

  1. Você já conhece ele previamente de algum lugar e vocês têm uma relação de confiança (não vai correr o risco de ele ser um sequestrador ou psicopata, né?);
  2. Vocês conversam sobre tudo, bem à vontade;
  3. Vocês sabem que existe uma química entre vocês mas que, por algum motivo, não daria certo um relacionamento sério;
  4. Vocês nunca tiveram nenhum envolvimento amoroso entre si antes (isso é muito importante para que não venham sentimentos do passado à tona e vocês, ao invés de se divertir, se magoem);
  5. Você conhece o histórico sexual do cara (com relação a DSTs e afins. Não se envolva para correr riscos, tá?).

Quais os benefícios de ter um pau-amigo?

Meu amor, benefícios é o que não faltam quando você decide ter uma pau-amigo para chamar de seu. Vamos listar só alguns:

  1. Sexo de qualidade e confiança quando bater aquela carência (ressaltar o “de qualidade” é bem importante. Se o cara não sabe transar, não serve para pau-amigo);
  2. Você não tem que dar satisfações, afinal, ele não é o seu namorado! Olha que delícia, que leve, que tudo! Você pode fazer o que quiser e o cara não vai te cobrar de nada, só vai te comer gostoso a hora que vocês combinarem;
  3. Como você não está em uma relação séria, nunca precisará passar por uma DR (discussão de relação);
  4. A sua rotina vai continuar a mesma (somente ganhando uma sexo mais gostoso) e o seu pau-amigo vai se encaixar nela como der;
  5. Não existe necessidade de ficar fazendo cerimônia depois do sexo. Por cerimônia, entende-se: ficar abraçadinho, fazer lanche, dormir juntos esperando pelo café da manhã...;
  6. Na hora que bater a carência e você tiver a tentação de ligar para o ex ou para o crush, é só ligar para o seu pau-amigo e resolver tudo;
  7. Sua autoestima vai ficar lá em cima, te garanto!
  8. É muito gostoso curtir uma relação leve e sem compromisso com uma pessoa que você conhece, confia e tem intimidade.

Estou vendo que você já está com vontade de ter um pau-amigo, não é mesmo? Imagino... Mas, para você não entrar em cilada, vamos conversar sobre algumas regrinhas básicas do relacionamento com o pau-amigo.

Regras básicas para o relacionamento com o seu pau-amigo

Gente, é essencial que vocês estabeleçam as “regras básicas” antes de começar a transar. Afinal, ninguém quer sair magoado dessa relação ou passar por estresses desnecessários. Então vem conferir algumas “regrinhas”:

  1. Estejam cientes de que vocês não têm a menor intenção de que essa relação se transforme em um namoro. Vocês serão apenas bons amigos que têm uma química gostosa e se aproveitam disso para o sexo. Se algum dos dois tiver outra intenção ou se começarem a envolver sentimentos, pensem bem se vale a pena continuar. O objetivo do pau-amigo é não ter que lidar com esse tipo de coisa.
  2. Sabe aquele cara que você nunca namoraria, mas que teria uma noite de sexo gostosa com ele? Ele é o seu pau-amigo ideal. De preferência, um cara bem cafajeste, bem safadinho que você nunca se apaixonaria e assumiria em público... Mas lembre-se de que ele deve ser tão cabeça aberta quanto você e não um desses babaquinhas que vai sair falando mal de você depois por isso.
  3. Sem mimimi de “estou com saudades” ou “você é o cara dos meus sonhos”. O objetivo dessa relação não é envolver sentimentos amorosos. Quando for entrar em contato, seja direta (o) para marcar o encontro ou então fazer aquele sexting gostoso de preliminar.
  4. Para evitar um apego desnecessário, evite se encontrar com o cara mais de uma vez por semana.
  5. Antes de conversar sobre a vida, conversem sobre sexo. DSTs, histórico de parceiros, de cuidados, de práticas sexuais preferidas... Tudo isso deve ser discutido antes do sexo, afinal, você não quer brincar com a sua saúde. Sanadas todas as dúvidas sobre sexo com o seu pau-amigo, podem conversar sobre outros assuntos. Mesmo que o cara esteja saudável, nunca deixem a camisinha de lado.
  6. Não dedique os seus finais de semana todos a ele, como se fosse um namoro. Saia, se divirta, conheça pessoas e se encontre com ele depois, caso queira ir dormir mais “relaxada”. Da mesma maneira, não saia com ele em programinhas de casal, com clima de romance. Lembrem-se de que o foco não é esse.
  7. Seus amigos e a sua família não precisam conhece-lo. Caso contrário, vão ficar criando expectativas a respeito de vocês dois virarem um relacionamento.
  8. Tenham discrição no relacionamento de vocês, afinal, a sociedade atual não está preparada para lidar com o fato de que, muitas vezes, as pessoas só querem sexo casual e “ponto”.
  9. Você e o seu pau-amigo têm que ter atração física um pelo outro. Se não rolar essa atração, não vale a pena o sexo, né?
  10. Você não precisa ter só um pau-amigo. Afinal, ele tem os rolos dele também, não é? Para evitar de você ter ciúmes ou ficar chateada caso ele não possa te atender, tenha mais de uma opção.

Désirée

Estou aqui para desmistificar os tabus que envolvem desejo, sexo, sexualidade e sedução. Vou te responder tudo o que você pensou em perguntar, mas nunca teve coragem!

Cadastrar Conta Grátis