mascote
Banner Mensagem Entrada 3
PUB


Cuckold: saiba mais sobre esse fetiche

Você já ouviu falar sobre cuckold? Sabe que, em tradução livre do inglês para o português, a palavra quer dizer “corno”? E sabia que esse é um fetiche muito comum para muitos homens? É isso mesmo, Brasil, existem muitos homens por aí que têm o fetiche de ser cornos, como se fosse uma variação do ménage entre dois homens e uma mulher. Nesse caso, o marido observa a esposa dele transando com outro homem.

Qual é a diferença entre o fetiche de ser cuckold e ser corno?

Simples assim: quando o homem simplesmente é corno, isso acontece porque a esposa dele o trai com outro (ou outros) sem ele saber. Nesse caso, existe a questão da enganação e da falta e consentimento do marido com a situação. Por conta disso, se ele vem a descobrir, pode se sentir ofendido com a esposa. Acho que pode se dizer que, com certeza, ele se sentiria ofendido.

Agora, para quem tem o fetiche de cuckold, a vontade de ver a mulher com outro homem parte do marido. O marido sente desejo e sente tesão pela situação na qual a esposa dele (nesse caso, chamada de hot wife) está fazendo sexo com outro homem. O cuckold sente prazer em ter todos os seus chifres e em ser chamado de corno pela esposa.

Esses homens não têm vergonha de ser cornos?

Principalmente no Brasil e em meio a nossa sociedade machista, o fetiche de cuckold é motivo de vergonha para muitos homens. Por mais que eles tenham muito tesão em ver a mulher com outro homem, eles podem se arrepender depois e até sentir vergonha caso a situação se torne pública. Eles têm medo do que a situação pode fazer com a reputação deles.

Como é a relação do cuckold com a hot wife?

Apesar de todo o preconceito que pode acontecer, do qual muitos homens têm medo, muitos desses homens gostam muito de ver que as hot wifes são mulheres de atitude, empoderadas e que podem sentir prazer sexual com outros homens, quando e onde quiserem. Eles amam ter uma mulher que se comporta como uma verdadeira puta enquanto eles se comportam como cornos.

Qual tipo de cara é cucokld?

Essa é uma dúvida muito comum. Normalmente, as pessoas podem pensar que os homens que têm o fetiche de cuckold por algum motivo não conseguem satisfazer as suas esposas. Seja por terem alguma disfunção erétil, pênis pequeno, serem gays enrustidos ou serem desses caras que têm dias muito cansativos e não aguentam o “rock” quando chegam em casa.

Bem, pois saiba que esse estereótipo, muitas vezes, está completamente errado. Muitos dos homens que têm o fetiche de cuckold são heterossexuais, bonitos, bem apresentados, com pênis regulares e transam muito bem. Eles não sofrem com inseguranças ou outro tipo de problemas. Pelo contrário: eles são seguros de si o suficiente para assumir e realizar a fantasia que têm.

Prazer em ser corno

Isso é certo: esses homens sentem prazer em ser cornos. Não há nada que dê mais tesão a eles do que ter a sua esposa o chamando de corno. Isso é um elogio tremendo. Nas inúmeras variações da prática de cuckold, existem diversas situações que podem funcionar melhor e dar mais tesão para cada corno. Inclusive, se você tem esse fetiche, converse com a sua esposa e aproveite para se inspirar aqui!

Variações da prática de cuckold

Como qualquer fantasia sexual, a prática de cuckold pode ser praticada de diversas formas. O que se mantem igual são alguns padrões como: o corno sempre sabe que é corno e tem prazer nisso. Ele gosta de saber (e ver) que a mulher dele tem relações sexuais com outros homens. O que pode variar é:

  • Existem cornos que gostam de estar no mesmo cômodo no qual a esposa está transando com outro homem. Eles podem estar vestidos apenas observando ou “ajudando” na prática (segurando na cintura da mulher enquanto ela senta no colo de outro cara ou “guiando” o pênis do outro cara para dentro da esposa.
  • Também existem os cornos que gostam de se masturbar enquanto assistem a esposa transando com outro homem. Isso pode acontecer tanto quando os três se encontram no mesmo cômodo ou então quando a esposa e o amante estão transando em um cômodo e o corno espia por uma fresta da porta ou por uma janela.
  • Alguns cuckolds não gostam de presenciar a prática. Apenas de saber o que a mulher andou fazendo quando ela conta para eles. Existem também os que gostam de ver fotos e/ ou vídeos depois.
  • Uma parte dos cornos gosta de ajudar a hot wife na escolha do amante e até da roupa e lingerie que vai usar para se encontrar com ele.
  • Há também quem gosta de sofrer humilhação por parte da esposa e do amante enquanto eles estão transando. Gostam de ouvir que “têm o pinto pequeno” ou que “não sabem transar direito”. Vai do fetiche de cada um.
  • Em modos mais “leves” de realizar o fetiche, alguns cuckold gostam de ver a esposa sendo desejada por outros homens. Por isso, pedem a elas para usar roupas curtas, decotadas e transparentes. Enquanto isso, se deliciam com olhares de outros homens para elas.

Quero realizar a fantasia de cuckold. E agora?

Seja você o marido ou a esposa, saibam que, como qualquer outra fantasia sexual, vocês devem ter segurança o suficiente um no outro para compartilhá-la e buscar realiza-la. Lembrem-se de ter uma conversa franca sobre o assunto e estabelecer todos os limites necessários para que a prática aconteça sem traumas e sem estragar o relacionamento de vocês. Na hora de escolher o amante (ou os amantes), conversem com ele sobre os limites. Uma vez, tudo acordado e estabelecido, se joguem, se libertem de todos os tabus e aproveitem para desfrutar de todo o tesão que a prática proporciona!

Meu parceiro gosta disso, e agora?

Désirée

Estou aqui para desmistificar os tabus que envolvem desejo, sexo, sexualidade e sedução. Vou te responder tudo o que você pensou em perguntar, mas nunca teve coragem!

Cadastrar Conta Grátis