mascote
PUB


Fetiche de submissão

Muitas pessoas têm dúvidas em relação ao fetiche de submissão, afinal, o que pode e o que não pode? Na maioria dos casos, isso acaba sendo cem por cento confundido com sadomasoquismo, mas a verdade é que não é bem assim.

Nós decidimos trazer neste artigo os principais tópicos, dúvidas e curiosidades sobre a submissão, justamente para que isso possa se tornar um assunto mais claro. Muitas pessoas sentem o desejo pela submissão mas não sabem o suficiente sobre.

Agora, não importa o quanto você sabe ou deixa de saber sobre esse assunto; basta que você continue lendo e você ficará por dentro dos principais tópicos da submissão.

O que é a submissão?

Bom, se você não tem a menor ideia sobre o que é submissão, não tem problema, nós preparamos este post justamente para sanar as dúvidas, até mesmo dos mais leigos leitores que nem sequer ouviram falar sobre o assunto.

Para começar, a submissão é o fetiche onde uma pessoa se propõe a fazer tudo o que a outra pessoa quiser, praticamente sem restrições.

Nesse tipo de fetiche, o que gera prazer é justamente a situação de ficar nas mãos da outra pessoa para que ela faça com você tudo aquilo que ela quiser. É algo mais ligado ao outro do que a si mesmo.

Quando a pessoa dominadora da situação entra em seu ápice de excitação, muitas vezes o submisso entra junto, justamente por depender tanto do prazer do outro.

Nesse tipo de situação a grande maioria das coisas são válidas, penetração, toque por todo o corpo e até mesmo agressividade em alguns dos casos.

Quais os perigos da submissão?

Bom, como em todas as práticas sexuais extremas, na submissão precisamos ficar de olho bem abertos para que possamos de fato ter somente prazer com esse tipo de prática e nenhuma surpresa desagradável referente a isso.

Nesse tipo de caso, é interessante estabelecer uma palavra chave que não se encaixe dentro do contexto da situação, para que o submisso diga quando ficar muito pesado, ou quando sentir medo.

É necessário ter esse tipo de cautela justamente por que algumas vertentes da prática visam o prazer de uma forma muito agressiva que, dependendo da situação, sem a parada do dominador, pode levar até mesmo a morte.

Submissão para as mulheres

Muitas mulheres adoram ser submissas. Essa sensação de controle masculino pode gerar um prazer imenso na mulherada. O homem no controle pode abusar de artifícios para dar prazer para a mulher também.

Algumas mulheres sentem um extremo prazer na dor, dessa maneira acabam autorizando os seus parceiros a agredi-las de todas as maneiras possíveis, tirando disso somente momentos longos de prazer.

Os homens acabam aproveitando muito essas situações, justamente porque ficam autorizados a fazerem tudo aquilo o que desejam. Isso pode ser algo muito interessante de se ter no sexo, afinal, muitos homens têm dificuldades em revelar os seus desejos.

No geral, as mulheres são o público mais comum a se render à submissão, devido a grande demanda de desejos masculinos referentes a dominação.

Submissão para homens

Engana-se quem pensa que os homens não são submissos. A verdade é que um grande número de homens tem se rendido a esse tipo de fetiche na atualidade, justamente porque tem crescido o número de mulheres com desejo de dominar na cama.

Isso é algo normal, ainda que alguns homens, mesmo que com o desejo de realizar isso, ajam com um certo tabu. Homens sempre são criados com a intenção de serem fortes e dominadores, mas não há nada de errado em quebrar esse tipo de ensinamento ultrapassado.

Os homens têm sim desejos sexuais pela submissão, além do mais, podem ter coisas muito prazerosas referentes a isso.

Alguns homens nessa posição gostam de serem penetrados e agredidos, enquanto outros gostam de ter os seus testículos chutados e serem pisoteados ou xingados, tudo depende.

Com tantas vertentes e variações, vale a pena conversar com o seu parceiro e tecer boas ideias sobre isso, descobrindo até onde ambos concordam e onde ambos deixam de concordam em relação ao fetiche.

É claro que a dominação de uma parte não é algo que precisa perdurar, algumas pessoas gostam de revezar entre si, dominando um dia e sendo submissas em um outro dia. Nada precisa ser sólido e sempre igual na cama, o bom mesmo é inovar!

Tenha em mente que o fetiche na submissão é algo válido como em todos os outros fetiches que conhecemos, que devido a se mostrarem mais suaves, acabam sendo menos julgados por nós mesmos.

Nem sempre sabemos ao certo como lidar com todas as informações com que um fetiche requer, mas pode sim ser muito interessante descobrir novos fetiches, até mesmo para apimentar uma vida sexual que está longe do seu auge.

E você, tem fetiche na submissão? Já teve boas experiências com isso? Conta pra gente!

Nicolas Dante

Estudante apaixonado por assuntos relacionados a sexo, afinal, isso faz muito bem para a saúde física e mental.
Adoro temas como fetiches e coisas do tipo, esse universo me encanta e me motiva a atualizar o blog!