mascote
PUB


  • Início
  • Blog
  • Sexo
  • Consegue gozar sozinha, mas não acompanhada? Dicas para gozar acompanhada
Dicas para gozar acompanhada

Existem muitas mulheres que não conseguem chegar ao orgasmo acompanhadas. Essas mulheres já se masturbaram, conseguem se tocar e chegar ao orgasmo sozinhas, seja assistindo a filmes pornográficos, lendo contos eróticos ou apenas fantasiando. Mas, quando estão acompanhadas de um parceiro (ou uma parceira), elas não conseguem chegar lá. Mas o que acontece? Por que isso acontece? Você também é uma mulher que não consegue gozar acompanhada?

Por que algumas mulheres não gozam acompanhadas?

Muitos motivos podem levar uma mulher a gozar muito bem sozinha e não gozar acompanhada:

  1. Para começar, muitas mulheres não conseguem atingir o ápice somente com a penetração. Necessitam da estimulação clitoriana para conseguir “chegar lá”. E o que acontece é que, quando as mulheres fazem sexo com homens, eles, muitas vezes, têm foco só na penetração e esquecem do clitóris. Ou então até tentam “manusear” o clitóris, mas não levam muito jeito para tal;
  2. Falta de conexão/ entrega ao momento. Acontece muito, principalmente com as mulheres que fazem sexo só para agradar o parceiro (ou parceira). A pessoa está querendo sexo e você não está muito a fim, mas você resolve ceder para evitar a fadiga. Quando você se dá conta, você está no meio do ato sexual, fazendo a lista de compras do mercado mentalmente. Não tem como gozar acompanhada assim, né, amiga?
  3. Baixa libido. Nunca, em hipótese alguma, faça sexo só para agradar alguém. Principalmente se não estiver sentindo nem um pingo de tesão na ideia do ato sexual. Isso é muito sério. É a mesma questão do item anterior: você nunca vai conseguir gozar acompanhada se não estiver tendo a relação sexual por vontade própria. Aliás, esse pode ser um dos motivos pelo qual você goza sozinha, afinal, você não se masturba para agradar ninguém além de você mesma, certo?
  4. Excesso de expectativas. Se você se cobra muito com relação a ter um orgasmo acompanhada. Ou se o seu parceiro ou a sua parceira exerce muita pressão sobre o fato de você não conseguir ter um orgasmo com ele (ela), pode ser que essa seja a causa da sua dificuldade em gozar acompanhada. O orgasmo começa na mente, então, se a sua mente estiver atribulada, cheia de questões e cobranças, será muito difícil para você relaxar e se entregar ao momento a ponto de chegar ao orgasmo.
  5. Insegurança. Muitas mulheres sofrem disso: não se entregam completamente a relação sexual porque estão preocupadas com uma gordurinha aqui ou uma estria ali. Minha flor, se aquela pessoa quis ir para a cama com você, é porque ela te acha um tesão. Então se joga! Deixa as neuras de lado.

Melhores dicas para gozar acompanhada

Agora chegamos a melhor parte do texto! Você já entendeu um pouco melhor sobre as questões que envolvem o orgasmo e os motivos que levam algumas (muitas) mulheres a terem dificuldade para gozar quando estão com o parceiro (ou parceira). Vem conhecer agora algumas dicas que podem te ajudar a gozar acompanhada. Vem ler e depois vai testar para descobrir qual funciona para você!

  1. Preliminares mais longas. Converse com o seu parceiro (ou parceira) e, quando forem iniciar o ato sexual, se entreguem a preliminares mais longas, se entregando e estimulando desde o início e apreciando não só as zonas erógenas convencionais, mas todas as outras como pescoço, costas, colo, parte interna das coxas...
  2. Alimente a mente com putarias. Mesmo para gozar acompanhada, você tem que estar pensando em sexo, com vontade de sexo. Então assista a filmes pornográficos, leia contos eróticos, fantasie... Compartilhe isso com o seu parceiro (ou parceira) e entre no clima antes de começar a relação propriamente dita. O sexo e o orgasmo começam na mente, não é só começar a tocar os órgãos genitais que tudo vai acontecer como mágica.
  3. Se entregue. Complementando o item anterior. Se você vai ter uma relação sexual, se entregue de corpo e alma a esse momento, esqueça todo o resto e foque somente no momento.
  4. Apresente o clitóris ao seu parceiro (ou parceira). Principalmente se o seu parceiro sexual for homem, cabe lembrar a ele desse lugar que tem tantas terminações nervosas e existe no seu corpo só para o prazer. Muitas vezes os homens esquecem dessa região e têm o foco só na penetração. Se você se masturba e goza com a masturbação, sabe o tipo de toque e posição que gosta no local, então aproveite para compartilhar isso com o seu parceiro (ou parceira). Seja com estimulação oral ou manual, diga para a outra pessoa como gosta de ser tocada em questões de ritmo e intensidade. Se necessário, guie a pessoa com as suas mãos. Outra opção é, que enquanto você é penetrada pelo seu parceiro (ou parceira), você estimule o seu clitóris com as suas mãos, essa é uma excelente maneira para conseguir gozar acompanhada!
  5. Mude de posição. Não está confortável ou está vendo que não vai “chegar a lugar nenhum” na posição em que está? Não se acanhe e peça para trocar de posição para uma que favoreça melhor o seu orgasmo.

Espero que goste e ponha em prática essas dicas, principalmente a número 5. Afinal, para que ficar guardando só para você o que te dá prazer? E lembre-se sempre: sexo é entrega, então só faça se estiver assim. Melhor fazer uma vez só por semana, mas com entrega de 100% de ambas as partes do que fazer várias vezes sem estar 100%, sem conseguir gozar acompanhada. O momento deve ser prazeroso para os dois.

Désirée

Estou aqui para desmistificar os tabus que envolvem desejo, sexo, sexualidade e sedução. Vou te responder tudo o que você pensou em perguntar, mas nunca teve coragem!