mascote
Banner Mensagem Entrada 3
PUB


o lugar da mulher

Dia 8 de março foi Dia Internacional da Mulher e trouxe à tona, mais uma vez, a conversa sobre a questão “do lugar das mulheres”. Pois já se sabe que ficou no passado a história de que a mulher tem que dar conta de cuidar de filhos, marido, casa, roupas, comida, cozinha, além de ser uma pessoa comportada, educada, discreta, que sabe se portar diante da sociedade e, por que não, linda, cheirosa, de unhas, cabelos e maquiagem sempre impecáveis.

Se você é mulher e está lendo esse texto, aposto que se cansou só no parágrafo acima. E olha que nem abordei tudo o que se costuma esperar de uma mulher. Se você é homem e está lendo esse texto, saiba que, a menos que a mulher queira, essa não é a figura da mulher que você vai ter se quiser ter uma mulher feliz. Porque estamos em 2019 e o lugar da mulher tem que ser aonde ela quiser.

Liberdade para ser o que quiser

Há muitos anos vivemos presas em gaiolas sem poder demonstrar os nossos sentimentos com relação a muitas coisas. Apenas vestindo uma personagem perfeita para as pessoas que observavam a nossa vida, sem saber o quão reprimidas e infelizes estávamos todas as vezes que tínhamos que encarar o espelho sozinhas. Foi uma luta gigante até conseguir encarar que, enquanto seres humanos, temos vontade própria e podemos viver como quisermos.

Não existe nada mais gostoso do que ter a sensação de que se pode ser o que quiser. Sem pressões externas de como se vestir, como se portar, o que fazer e o que deixar de fazer. Para as mulheres, isso é muito importante. Importante não só para a vida pessoal, no dia-a-dia, mas também muito importante quando se trata de sexo. Quantas de nós já não tivemos a sensação de que mulher gostar de sexo é feio?

Quando eu falo de liberdade para ser o que quiser, eu quero dizer na cama também (ou no chuveiro, ou no sofá da sala, ou apoiada na mesa da cozinha...). Porque, aceitem, sexo é gostoso, homens gostam e mulheres gostam, homens pensam em sexo e mulheres pensam em sexo, homens têm tesão e mulheres têm tesão. Quer coisa mais gostosa do que sentir tesão, gente?

Então, homens, aceitem. A mulher que você tanto deseja sente tesão, pensa em sexo, gosta de sexo e isso não é feio, não faz dela uma pessoa não confiável ou uma pessoa que não vale a pena assumir perante a sociedade. E, mulheres, se permitam. Se permitam gostar de sexo, ler sobre sexo, pesquisar sobre sexo, assistir vídeos sobre sexo e sentir muito tesão, porque sim, entre outras tantas coisas, nós podemos!

Sou muito retraída, e agora?

Se você é uma mulher muito tímida, retraída, que acha que tem que viver de pose para agradar o parceiro e/ ou a sociedade, saiba que isso pode mudar a partir do momento em que você começar a se permitir. Permita-se ser livre, permita-se ser o que quiser! Aqui vão algumas dicas que funcionaram comigo e, muito provavelmente, funcionarão com você também.

  1. Permita-se identificar o que há de errado. O que te trava? O que te impede de ser quem você é? Do que você tem medo? O que você reprime? Essas são apenas algumas de muitas perguntas que você deve se fazer. Se você não consegue encontrar as respostas sozinha, nada melhor do que abrir o coração para a possibilidade de procurar ajuda profissional (um profissional de psicologia, por exemplo) para te ajudar a entender e alinhar o que se passa com você;
  2. Permita-se se libertar. Liberte-se das amarras que te prendem, sejam elas quais forem. Liberte o seu sorriso e a sua vontade de viver para o mundo;
  3. Permita-se sorrir. Nada mais gostoso do que sorrir e cientificamente comprovado de que o movimento do sorriso libera hormônios do bom humor no organismo e faz a sua cabeça pensar que está tudo certo. Então sorria. Sorria para você no espelho, sorria ao dar bom dia para as pessoas que você encontra. Tenho certeza de que, com o sorriso, você está se abrindo para o mundo e ele estará se abrindo para você;
  4. Permita-se desejar. Seja uma refeição, uma viagem, um momento importante para você ou aquela pessoa que te faz sentir um friozinho na barriga. Deseje e deseje com vontade;
  5. Permita-se gostar de sexo. Você gosta de sexo e tem medo de demonstrar para o parceiro por medo dele te achar muito assanhadinha? Deixa isso de lado e se joga, se lambuza, se permite gostar, pesquisar, ler, ler contos eróticos, assistir vídeos, testar novas posições e propor o uso de brinquedos sexuais. Você é uma mulher empoderada, você pode!
  6. Permita-se se tocar. Você é mulher e acha que é errado se masturbar? Não sabe o que está perdendo! Se toque, se conheça, aprenda o que te dá prazer. Isso não é vergonha, é autoconhecimento. Marque um encontro com você mesma, se explore, descubra o que te excita e goze muito! Seja feliz!

Désirée

Estou aqui para desmistificar os tabus que envolvem desejo, sexo, sexualidade e sedução. Vou te responder tudo o que você pensou em perguntar, mas nunca teve coragem!

Cadastrar Conta Grátis