PUB
mascote
Banner Mensagem Entrada 3
PUB


Sexo Tântrico

Sexo tântrico é uma forma de transar que não condiz com muito do que nos foi ensinado em educação sexual durante a vida. E, por isso, tem sido buscado por diversos casais e parceiros sexuais como uma forma de testar conexões.

Essa forma de relação condiz com teorias, crenças, intimidade, sensações, e movimentos; sendo TAN: tecer, e TRA: instrumento (se tornando então, uma filosofia sobre Expansão da consciência).

O sexo tântrico pode levar às seguintes formas de definição:

  • Uma transa focada no ser humano “puro” e simples.

É sobre a pessoa e o seu parceiro entrando na conexão primitiva de sentir prazer. Sem fingimentos, preocupações e até mesmo sem colocar aquela famosa “máscara” de que sexo condiz de fato com filmes pornô.

  • Se baseia em tesão.

Ou seja, torna se intenso sem que haja o uso dos truques clássicos para excitação, como por exemplo, uma lingerie exuberante, e apetrechos de sex shop. É tesão ao ser humano, suas curvas, seus pelos e detalhes singulares.

É uma prática muito apreciada especialmente no Oriente, onde a crença maior é que o universo está completamente entrelaçado; fazendo com que toda essa energia seja aproveitada num momento de intimidade entre duas pessoas prontas para dividir prazer e intensidade.

Agora que você conhece melhor essa filosofia envolvente no sexo tântrico, e deseja usar disso como um complemento na sua vida sexual, aqui vão 3 dicas de como você pode fazer isso com sutileza até que se torne um hábito – após conversar com o seu parceiro claro.

  • Desconstrua suas inseguranças.

É uma prática que leva tempo e paciência, mas dentro do seu espaço pessoal desapegue de perfumes que encobrem seu cheiro natural, e outros artifícios que te tornem menos honestamente “você mesma” para a transa.

  • Não tenha medo de reagir da forma que o seu corpo pede.

Use de uma capa de confiança e deixe que seu corpo responda aos estímulos da forma mais sincera possível – seja com gritos, gemidos, apertões, chupão, beijo...

  • Faça com que seu parceiro sinta segurança em você.

Mostre para ele que você também está disposta a viver essa experiência, e por consequência, mesmo sem que ele perceba, ele também vai te passar essa confiança. Deixe com que  o corpo dele sinta tesão no que for necessário, e não o reprima.

  • Não tenha pressa.

Esse momento é de vocês, onde toda a energia deve ser focada nos movimentos, no toque, e nos sentimentos que isso gera. Não pense em gozar, não pense em tempo. Deixe que a excitação tome conta da respiração de vocês, e a consequência disso vai ser no mínimo um orgasmo inesquecível, com certeza.

No final das contas, sexo tântrico é muito similar ao sexo “comum”, mas ele exige de uma entrega e conexão maior; tornando assim, a intimidade muito maior e proveitosa. Arrisque se e permita que seu corpo prove desse desejo singular.

Nicolas Dante

Estudante apaixonado por assuntos relacionados a sexo, afinal, isso faz muito bem para a saúde física e mental.
Adoro temas como fetiches e coisas do tipo, esse universo me encanta e me motiva a atualizar o blog!

Cadastrar Grátis