mascote
Banner Mensagem Entrada 3
PUB


Influencia do cigarro no sexo

Sem dúvida, a influência do cigarro no sexo é um tema que merece atenção. Nunca se fumou tanto como nos dias de hoje, e como fica a saúde sexual no meio disso?

A cada dia surgem novas pesquisas que comprovam os malefícios que o cigarro provoca. E uma descoberta, que de nova não tem nada, diz respeito à vida sexual dos fumantes de todo o mundo.

De acordo com a Associação Médica Britânica, o cigarro causa disfunção erétil, como também acaba prejudicando o desempenho sexual tanto de homens, como de mulheres.

Os homens acabam sentindo problemas de ereção, enquanto as mulheres fumantes, acabam tendo problemas em sentir prazer durante o sexo.

Este é um assunto que vem tirando o sono de muita gente, pensando nisso, resolvemos criar um artigo todo destinado sobre a influência do cigarro no sexo. Continue lendo esse artigo e tire todas as suas dúvidas relacionadas a influência do cigarro no sexo. Acompanhe.

O cigarro e o desempenho sexual

Estudos realizados pela Massachussetts Male Aging Study, aponta que pessoas que fazem uso de cigarro há mais de uma década, possuem duas vezes mais chances de acabar sofrendo algum tipo de problema de saúde, se comparado com pessoas que não fumam.

De acordo com a mesma pesquisa, tanto a falta de lubrificação como a disfunção erétil, ocorrem já no início da dependência do cigarro – tanto em homens, como em mulheres.

O cigarro possui em sua composição, componentes vasoconstritores, e quando são fumados acabam diminuindo o fluxo sanguíneo de todo o corpo, incluindo nos órgãos genitais.

De acordo com médicos especialistas, a ereção é considerada como um fenômeno cardiovascular, e necessita de fluxo de sangue para que aconteça. E a falta de vascularização na vagina, acaba dificultando a lubrificação, deixando todo o órgão seco.

Médicos também alertam sobre o perigo do fumo entre as mulheres. Pois, o cigarro contribuiu e muito para câncer de útero, como também aquelas que fumam enquanto estão grávidas, possuem três vezes mais chances de darem à luz a crianças subdesenvolvidas.

Bebês que possuem contato passivo com o cigarro, podem desenvolver problemas de cunho respiratório, e influência em toda sua vida reprodutiva. Ou seja, mais um ponto negativo para a influência do cigarro no sexo.

A qualidade do sexo e o cigarro

fumar tira tesao

Diferentes pesquisas informam que os efeitos do cigarro, já começam a atingir as artérias do corpo, causando obstruções da microcirculação. O que acaba atrapalhando e entupindo diferentes vasos sanguíneos, das quais carregam o sangue por meio das cavidades cavernosas – como ocorre na estrutura erétil do órgão masculino.

Pacientes que tenham enfisema pulmonar, não conseguem por exemplo, ter respiração normal, e assim o corpo precisa se encarregar de suprir a quantidade menor de oxigênio, elevando a taxa de hemoglobina. Isso pode provocar sérios problemas respiratórios, e indiretamente – distúrbios relacionados a ereção.

Outra pesquisa, realizadas com ratos, há mais de 15 anos atrás, mostrou que os animais que ficaram expostos à fumaça do cigarro, tiveram a atividade sexual prejudicada.

Saúde geral e dependência

O cigarro causa dependência, e assim deteriorando a qualidade do esperma. Diferentes pesquisas mostram que a qualidade dos espermatozoides de fumantes, são bem inferiores ao de não-fumantes.

A qualidade do plasma seminal – líquido nutriente que é composto o sêmen – e a qualidade do esperma, de 40 indivíduos com idade de 32 anos. Em metade deles – que não haviam fumado antes na vida e a outra metade – que consumia uma média de 42 cigarros diariamente, em 3 anos de pesquisa. A qualidade entre o sêmen de ambos os grupos, foi realmente significativa.

Outra parte da pesquisa, mostrou casais não-fumantes e fumantes, onde foram questionados sobre o grau de prazer que sentem durante o ato sexual. Fumantes qualificaram o sexo com 5,2 – enquanto os não-fumantes qualificaram com média 8,7.

Mesmo com essa diferença entre os números, não existe de fato uma pesquisa que aponte a deficiência no organismo, relacionada a qualificação de prazer. De acordo com os pesquisadores, a resposta pode estar em áreas da neuroendócrina e endócrina.

Como trocar o cigarro?

Como você pôde ver, a influência do cigarro no sexo realmente é significativa. Ele influência tanto em problemas como disfunção erétil, falta de lubrificação feminina e também está relacionado com problemas de esterilidade.

Então, que tal pensar em alguma maneira de substituir o cigarro por outro tipo de atividade? Além de ficar de olho na sua saúde, você terá uma vida sexual muito mais ativa e mais interessante. Nada melhor do que uma relação sexual mais empolgada, cheia de energia e sem “interrupções” que possam afetar o desenrolar do sexo.

Procure por atividades que façam você esquecer do cigarro, uma excelente saída, pode ser a musculação! Muitas pessoas conseguem abandonar o vício do cigarro, quando começam a praticar exercícios físicos.

Não tenha sua vida sexual prejudicada, deixe o cigarro de lado agora mesmo! Fuja da influência do cigarro no sexo e tenha uma vida sexual muito mais satisfatória!

Leia mais: