mascote
Banner Favoritos
PUB


como assumir que sou gay

Quer se assumir gay? Chegou ao artigo certo, pois vamos conversar hoje sobre o tema. 

Mesmo com toda a discussão e abertura sobre as questões relacionadas com a homossexualidade que hoje existe, a decisão de assumir-se gay, ainda continua sendo um momento difícil. Terá a hora certa? 

 Sair do armário; como me assumir gay? 

“Sair do armário”. Provavelmente você já deve ter ouvido essa expressão. Mas você sabe a origem dela? Esta expressão é uma atualização de outra, americana, da década de 60, “skeletons in the closet”, ou seja “esqueletos no armário". 

O que está por trás desta expressão é que todos temos segredos guardados, bem guardados. Claro que, se compararmos a visibilidade dos gays na sociedade atual, inclusive ocupando cargos de influência de poder em várias partes do mundo, com décadas atrás, é inegável o avanço e o aumento da receptividade da sociedade.

É interessante pensar que um adolescente ou um adulto não precisa se assumir enquanto heterossexual. E você sabe porque isto acontece? Por que é o padrão comportamental que vigora em nossas sociedades.

No caso, da opção sexual ser diferente, parece que há uma pressão para que a pessoa declare a sua homossexualidade. Muitas pessoas acham que é uma maneira de diminuir os preconceitos, principalmente se forem pessoas famosas que podem influenciar a opinião pública favoravelmente. Não faltam exemplos.

Mesmo na mídia, cada vez mais há na televisão aberta, produtos como novelas, séries em que casais homossexuais são retratados de forma natural, com rotinas, família, enfim, uma vida normal como qualquer outra pessoa.

 Como assumir perante os seus pais que é gay?

Para você que quer assumir perante os seus pais que é gay, saber que já existe uma certa abertura na sociedade para entender que é necessário entender e acolher a diversidade, pode ser o primeiro passo.

Afinal, somos todos iguais, mas também todos diferentes e sendo assim, não deveria haver preconceito, nem comportamentos discriminatórios. Mas, na realidade ainda há.

Como assumir perante a família que sou gay?  Há um momento em que descobrimos a nossa sexualidade. E isso tanto vale para os héteros como para os homossexuais. Normalmente é durante a adolescência, mas também poderá acontecer já na vida adulta, com casamentos e até filhos. 

Em determinado momento, as pessoas percebem que não podem viver uma história que não é a delas. Por outro lado, sentem que estão enganando as pessoas com que se relacionam. Muitas pessoas tem a coragem de assumir, outras não e não devemos julgar. 

Decisão pessoal, não vá pelos outros! 

É uma decisão pessoal e nada fácil por causa das cobranças da sociedade.

No caso da adolescência, a opção sexual é mais uma das diversas dúvidas que surgem neste período da vida de todo e qualquer ser humano.

Lembre-se que, se você quer contar para os seus pais sobre a sua homossexualidade, o mais importante é saber que eles são seus pais. Mas é claro que há uma mistura de sentimentos como culpa, medo, angústia, receio de decepcioná-los.

É um grande peso! Mas você pode e deve partilhá-lo com pessoas em que você confia e que gostem de você! Vamos imaginar que você ainda tem dúvidas sobre a sua homossexualidade. Algumas pessoas rejeitam e tentam não pensar no assunto. 

Sabemos que não é fácil, de repente, perceber que somos homossexuais. Sabemos que haverá uma série de obstáculos que serão colocados em nossas vidas, mas o mais importante é que sejamos fiéis a nós mesmos.

 Se informe e leia sobre se assumir gay 

Se você ainda está na dúvida, uma boa estratégia é ler sobre o assunto: para além de ótimas biografias, não faltam blogs que falam sobre esta questão. Inclusive, muitos destes blogs têm fóruns de discussão em que você poderá conversar com pessoas que passam pela mesma situação que você.

Os amigos também são ótimos conselheiros, assim como professores que podem ser bons ouvintes. Para além de conversar, ler, há filmes (muito bons) que podem tirar as suas dúvidas para que você, quando assumir que é gay, seja mais tranquilo e até possa responder à algumas perguntas que poderão surgir neste momento.

Naturalmente, que decidir o momento certo para conversar com os seus pais, é sem dúvida, um momento de angústia. Mas será que precisa ser tão formal? Talvez, você não precise de um momento solene para falar sobre isso. 

Sempre, o natural é o melhor e o mais importante: você conhece os seus pais. Você sabe com quem poderá conversar primeiro e assim pedir ajuda para conversar com o outro, seja o seu pai ou sua mãe. 

Claro que cada família é uma, e há umas mais abertas à conversa e que partilham mais, e outras mais fechadas. Mesmo nas mais fechadas, há sempre uma avó ou um tio, alguém da sua confiança que poderá fazer a ponte e mediar o processo com os seus pais. 

Outra estratégia interessante é, de forma sutil, ir lançando o tema: falando sobre o caso de um amigo (ou amiga), comentando algo que viu na televisão. Assim, você vai se preparando, descobrindo a forma e a hora certa para contar para a sua família sobre a sua homossexualidade.

Leia mais:

Inserir Anúncio Gratis